Category Archives: Uncategorized

mudanças na sala

Se você gosta de mudar os ambientes, mas não quer investir muito, saiba que é possível fazer isso sem grandes reformas. Pequenos detalhes podem fazer a diferença na hora de dar aquela cara nova para um ambiente da casa. De acordo com o arquiteto Thiago Mondini, em um projeto de interiores é preciso estar atento à ambientação, que pode ser o grande diferencial entre um espaço sem vida e sem personalidade e um pleno de bem-estar, daqueles em que temos gosto de passar boa parte do tempo. “Existe solução viável para esses casos. É possível fazer um diagnóstico de um ambiente já executado e, através do bom uso das cores e de objetos, equilibrar os excessos e harmonizar o local”, reforça o arquiteto. Confira cinco dicas do profissional para transformar a sua sala de estar:

 

Diagnóstico do ambiente

É necessário um diagnóstico inicial sobre o ambiente. O tapete geralmente é um item fundamental, porque amarra o conjunto das peças de uma sala. Então, cuidado, pois ele pode estragar completamente a composição. O sofá nem sempre precisa ser substituído e é possível modificar o efeito visual que ele tem com almofadas e mantas. Nas janelas, precisamos prestar atenção na escolha dos xales. As pessoas normalmente escolhem cortinas clarinhas, bem neutras – o que é bom. Mas é comum que um xale pesado, bufante, mal amarrado ou mal escolhido chame muita atenção ou deixe a sala com cara de antiga. Na dúvida, opte por xales lisos, com cores mais escuras e neutras, sem amarração e com bom caimento. Por último, as paredes correspondem à maior área em termos de superfície numa sala e é nelas que as maiores mudanças podem acontecer, seja através de pintura ou de aplicação de papel de parede. Leia mais: Como escolher o tapete da sala

Iluminação que faz diferença

Mudanças na iluminação sempre surtem excelentes efeitos, mesmo que o ambiente quase não sofra alterações. A grande vantagem de uma boa iluminação é que ela dá destaque aos elementos certos e, consequentemente, esconde o que não queremos que seja notado. Neste caso estamos falando de qualidade e não quantidade. Não é necessário encher o ambiente de luz, mas sim iluminar as coisas certas, através do uso de spots, lâmpadas com diferentes efeitos, abajures, etc. Em outros termos, a iluminação correta pode valorizar uma composição simples, na mesma medida em que pode desvalorizar uma composição sofisticada se for feita de maneira incorreta. Leia mais: Efeitos de Iluminação

Combinando cores

As cores devem ser equilibradas e os contrastes, ou as ausências deles, devem ser utilizados de forma inteligente. Normalmente, as pessoas usam uma decoração com base bege/marrom e no máximo uma cor decorativa, com medo de errar. Ou usam o branco/preto/cinza, com cor de contraste vermelha ou amarela. Esse medo de errar vem da falta de conhecimento das possibilidades de composição de cores. É muito comum que as pessoas usem somente cores análogas (próximas umas das outras, como o amarelo, laranja e vermelho), mas as composições mais sofisticadas partem para o uso inteligente das cores complementares (que são opostas no disco de cor, a exemplo do laranja e do azul), para criar efeitos interessantes. Assim, você pode inserir, numa composição bege, que é quente, tons de azul e verde, que são cores frias e equilibram o calor. Mas, posteriormente, você insere pequenas doses de tons de laranja e vermelho, que são complementares do azul e do verde. Essas cores podem aparecer em pequenas almofadas, objetos decorativos, gravuras e obras de arte. É através desse jogo de cores, usado de maneira sutil, que as decorações mais aconchegantes acontecem.

 

Escolhendo os objetos decorativos

Devem ser escolhidos buscando sempre o equilíbrio de materiais. Se uma sala é excessivamente fosca, a tendência natural é a busca por objetos brilhantes, de metal, vidro, cristal, etc. Quando as superfícies já têm brilho excessivo, parte-se para a escolha de objetos mais opacos, de madeira, couro, pelo. No entanto, essa não é uma regra fixa. Para itens de decoração, a única regra certa é: na dúvida, use menos.

  • materia retirada de http://www.cliquearquitetura.com.br

Quarto Montessoriano

Metodologia de ensino criado pela educadora italiana Maria Montessori, por volta de 1907, propõe conhecer a criança e respeitar seu desenvolvimento, para que a educação acompanhe o processo natural da vida.

Montessori escreveu que o desenvolvimento se dá em “planos de desenvolvimento”, de forma que em cada época da vida predominam certas necessidades e comportamentos específicos. Sem deixar de considerar o que há de individual em cada criança, Montessori pode traçar perfis gerais de comportamento e de possibilidades de aprendizado para cada faixa etária, com base em anos de observação.

Sendo assim, o método se baseia em seis pilares fundamentais: Auto-educação, educação cósmica, educação como ciência, ambiente preparado, adulto preparado, criança equilibrada. Todos os princípios do método Montessori devem funcionar em união, para que a criança se desenvolva de forma completa e equilibrada.

Pensando no ambiente preparado, logo vem à mente o quarto da criança, o espaço onde ela passará boa parte de seu dia. O objetivo do quarto montessoriano é promover a autonomia dos pequenos, para que a criança cresça com mais independência, mas ainda é preciso monitorá-la com freqüência. O ambiente tem que ser pensado de forma que a criança fique segura e livre ao mesmo tempo — explica a arquiteta Fernanda Rodrigues, da loja Projeto de Gente.

O método sugere mobiliários proporcionais a sua escala, que permitam dirigir a criança ao conhecimento. Por isso, nesses quartos é comum encontrar a cama muito próxima do chão, dando maior liberdade à criança deitar e levantar quando quiser. Para crianças muito pequenas, uma dica é proteger as laterais da cama com almofadas, para evitar que elas rolem enquanto dormem.

No lugar de armários, são usados nichos abertos, para que a criança possa acessar os brinquedos independente da ajuda de um adulto. Os móveis em geral, devem ter uma altura compatível com o tamanho da criança. A decoração deve ser lúdica, pensada para estimular a criatividade da criança.

A quantidade de móveis e objetos deve ser a mínima necessária para a aprendizagem. Dessa forma, os elementos e suas formas devem ser simples, que permitam a fácil organização e manutenção do espaço.

Pode parecer contraditório, mas os espelhos são muito bem vindos nesse estilo de quarto. Os espelhos, assim como os tapetes e barras de apoio, são elementos que estimulam experiências sensoriais, auxiliando o autoconhecimento. O recomendado são os de acrílico, que devem da mesma forma serem bem fixados à parede e na altura da criança.

 

Como o quarto montessoriano acompanha o crescimento da criança, com o passar dos anos adaptações podem ser feitas, como a troca por uma cama mais alta, móveis e quadros também podem acompanhar a altura, não existindo, portanto, uma idade em que o quarto tenha que ser abandonado.

Sala de esportes

decoração é o meio pelo qual um objeto ou cômodo de uma casa é utilizado para expressar os gostos e as preferências dos seus moradores. Dentre as inúmeras opções de temas disponíveis, poucos são tão representativos quanto os esportivos.

Uma sala de esportes dedicada exclusivamente a uma modalidade ou time é a maneira perfeita de integrar um hobby que muitas vezes é parte essencial da personalidade dos residentes, deixa a casa mais aconchegante e personalizada e permite que todos os visitantes tenham algo sobre o que comentar e conversar logo no primeiro momento que chegam.

Antigamente era raro ver este tipo de sala devido a dificuldade em se encontrar as peças certas para decorá-la. Felizmente as coisas evoluíram muito nos últimos anos e hoje em dia existem até mesmo lojas especializadas em utilizar materiais esportivos para decoração.Há dicas gerais de decoração para uma sala desta e objetos específicos para cada esporte que eventualmente podem ser utilizados. Além disto, sabendo combinar tudo de maneira harmônica, nada impede uma sala de conter elementos diferentes das diversas modalidades que os moradores preferirem.

Independentemente do tipo de modalidade ao qual a sala será dedicada, quadros com camisas de times ou atletas famosos, especialmente se estes forem assinados, sempre são uma boa escolha.

O mesmo vale em relação a quadros representando a equipe vencedora de títulos importantes, números significativos ou até mesmo simples autógrafos sobre pôsteres emoldurados. Este tipo de decoração é simples e fácil de colocar em praticamente qualquer cômodo

Para dar um toque personalizado e diferente dos outros cômodos da casa ou apartamento para esta sala, uma boa ideia é utilizar um tipo de piso diferente que seja a base para o resto da decoração baseada nos esportes escolhidos.

Além de ser uma ótima maneira de colorir a casa, fazer isto com a pintura da parede também fará com que o lugar fique ainda mais único em relação ao resto. Só tenha certeza de que ambos os tons escolhidos combinem entre si.

Antes de começar a focar em um ou mais esportes para este cômodo, também é uma boa ideia saber o que fazer para manter uma sala bem organizada  aliás, esta dica é válida para literalmente qualquer lugar da residência.

A personal organizer Priscilla Caminha tem uma série de dicas para ajudar nesta tarefa tão importante. De acordo com ela, o primeiro passo é se certificar de que o local não ficará entupido com inúmeras peças decorativas.

“Um dos maiores erros é o acúmulo desnecessário de itens na sala. Excessos de objetos, fotografias, adornos, estampas. Tudo sobrecarregando o espaço” ensina Caminha.

“Depois, é só mesclar organização com decoração. Dar um jeito em fios e cabos que ficam espalhados usando uma caixa bonita. Ou enfeitando a estante e/ou aparador com alguns porta-retratos bonitos, mas se preocupando em não destoar do restante da decoração”, completa a personal organizer.

A principal lição aqui é que não importa o tema que eventualmente for escolhido, seja ele futebol, poker ou beisebol, é crucial que o número de objetos decorativos seja limitado a apenas algumas peças e elementos representativos dos esportes para que o local não fique sobrecarregado e poluído.

Um dos elementos essenciais para qualquer sala de esportes é uma grande televisão ou projetor para que todos possam assistir ao jogo. O bônus é que estas peças também permitirão que todos assistam filmes e séries ou até mesmo disputem partidas de videogame quando quiserem.

Manter sofás, poltronas e cadeiras espalhadas em locais estratégicos pela sala é essencial para que as pessoas possam se acomodar. Colocar elementos do seu esporte favorito nelas, como toalhas ou outro tipo de adereço, é uma maneira excelente de personalizar o local sem gastar mais espaço.

 

Apesar do grande tamanho, paradoxalmente a mesa de bilhar é uma das formas mais simples e elegantes para criar e centralizar uma sala de esportes, que depois só precisa de alguns toques decorativos finais para ficar completa.

De acordo com Sheila Almendros, redatora com foco em decoração, esta mesa é um artigo que oferece à decoração de qualquer sala um ar mais refinado , principalmente as com um tamanho mais avantajado e com o acabamento mais sofisticado.

Ainda de acordo com Almendros, este tipo de móvel até mesmo colabora para criar uma iluminação muito mais aconchegante no local em que é colocado.

Caso não haja espaço disponível para dedicar exclusivamente a esta peça , é possível ser criativo e comprar acessórios que a transformem em uma mesa de jantar. A solução permite fazer um uso inteligente do ambiente e proporciona uma oportunidade extra de lazer para os moradores e seus convidados.

Se a modalidade favorita dos residentes for o poker, não há nada melhor do que uma mesa dedicada ao esporte para cumprir a mesma função da mesa de bilhar.

O esporte da mente aumentou muito em popularidade ao redor do mundo nos últimos anos, com o Brasil sendo um dos países com o maior crescimento recente . A modalidade, que há duas décadas contava com algumas centenas de entusiastas no país inteiro, hoje já conta com milhões de praticantes amadores e milhares de profissionais.

Ter uma sala ou espaço dentro de casa dedicado para a modalidade não apenas garante que exista mais uma atividade intelectualmente estimulante para os moradores e visitantes como demonstra que o anfitrião está atento as tendências.

Agora, caso o esporte escolhido pelos donos da casa seja o tradicional futebol, também é possível substituir a mesa de bilhar ou poker por uma mesa de pebolim ou do clássico futebol de botão.

Puffs e cadeiras em formato de bola de futebol também são uma ótima ideia para receber os convidados na casa e proporcionam uma oportunidade de utilizar a temática do esporte sem adicionar outros objetos decorativos ou ocupar espaço.

Independente do esporte escolhido, atualmente a imaginação e o tamanho da sala são praticamente os únicos limites reais para as maneiras pelas quais são possíveis criar uma sala de esportes perfeita. Basta se inspirar nas dicas apresentadas aqui e colocar as mãos à obra.

Como sobreviver a uma reforma na cozinha

O pessoal da Click arquiterura fez uma materia com 5 dicas de como sobreviver a uma reforma na cozinha confira:

Reforma é uma palavra que divide opiniões: há quem ame e quem odeie com todas as forças! Independente da opinião de alguns, em certos momentos, ela é inevitável e não há outra hipótese além de aprender a conviver com todas as suas situações incômodas.

Quando se tem uma família, no entanto, os problemas aumentam muito. Se a criança for pequena, é imprescindível que haja uma maneira de continuar a realizar as ações para alimentá-la antes de ir para a escola e se virar para fazer um almoço apresentável, quando se trata de reforma geral na cozinha de casa.

Por isso, aqui vão algumas dicas para quem vai ficar sem usar o cômodo durante alguns dias ou semanas. Quando você vir tudo arrumado, vai perceber que valeu a pena:

  • Faça da experiência um momento divertido com as crianças, pedindo para que elas participem da escolha dos alimentos;
  • Leve alguns eletrodomésticos para a varanda – ou garagem, se tiver – e improvise em uma mesa ou bancada, uma cozinha diferente. Liquidificador, sanduicheira, grelhas e panelas elétricas são ótimas pedidas. Dê uma olhada aqui (site Buzzfeed) em algumas receitas super fáceis de fazer;
  • Dê preferência aos alimentos que possam ser consumidos sem cozinhar, como sanduíches, bolos, milk-shakes, frutas e sucos;
  • Um bom momento para fazer um churrasco – chame a família e os amigos – tendo ou não área gourmet em casa;
  • Planeje uma viagem justamente para este momento, se o orçamento permitir. Visitar aquela amiga que mora perto da praia ou na montanha, não há momento melhor;
  • Comer fora: estrear uma bela padaria todas as manhãs ou almoçar num restaurante a quilo, perto do trabalho, com os filhos. Eles podem, inclusive, se animar e comer outros alimentos. Agora se estiver de dieta – ou o orçamento não permitir, considere um delivery de comida saudável  Além de ser mais em conta, também vai te ajudar a manter a linha.

 

Tente inovar e transforme um momento complicado em algo lúdico, com histórias a serem contadas, anos depois, pela família. Vai ser bem mais divertido!

design de interiores

A click Arquitetura Fez uma serie de artigos sobre decoração de interiores.

Mais práticas, leves e modernas as persianas são um item importante na decoração dos ambientes, trazem um ar atemporal para o local, adaptando-se a vários tipos de projeto. Além de proporcionar aconchego ao ambiente, tem a função de equilibrar ou vedar a luminosidadedo local e conservar a privacidade do mesmo. Alguns modelos permitem um controle mais preciso, podendo comandar as persianas por meio de controle remoto ou até mesmo pelo computador, proporcionando praticidade.

As persianas exercem também função térmica, obstruindo a entrada indesejada de calor e impedindo a saída de ar quente quando desejado, tornando-se uma opção excepcional para ambientes expostos a grande claridade durante parte do dia. Outro benefício e praticidade das persianas é a facilidade na limpeza, que pode ser feita com aspirador de pó ou com um pano úmido.

 

5 Modelos de persianas

Estes são alguns exemplos que poderão ajudar na escolha do melhor modelo de persiana:

 

  • Persiana horizontal: É uma das mais escolhidas na hora de decorar um ambiente. Podendo ser composta por lâminas metálicas, de madeira, PVC ou tecido. O giro das lâminas permite a visão total do ambiente externo e não vedam totalmente a claridade, facilitando a ventilação dentro do espaço. Indicadas para uso residencial e comercial. 
  • Persiana rolo: Esse modelo de persiana funciona como painel que, quando recolhido, fica enrolado na parte superior da janela, possibilitando um visual discreto, elegante e prático para o ambiente. Os materiais mais utilizados são a tela solar, que controla o calor e filtra os raios UV sem impedir a entrada de luz natural ou ventilação no local e o vinil que é ideal para ambientes mais íntimos, podendo vedar completamente a luminosidade do ambiente.

 

  • Persiana Romana: Um modelo que possui um visual que une o clássico com o design moderno. Este produto é caracterizado por suas listras horizontais que se dobram na medida em que são suspensas. Além de tecidos nobres, podem ser de madeira, blackouts ou tela solar. Pode ser facilmente incorporada a salas com pé direito duplo, salas íntimas e dormitórios; porém é aconselhável evitar esse modelo em cozinhas e áreas de serviço, para que não haja acúmulo de sujeira e gordura nas dobras, o que diminui a vida útil do produto.

 

  • Cortina Painel: Uma ótima solução para portas, janelas e espaços de grandes dimensões. Dimensionados verticalmente, possuem varias opções de abertura e recolhimento, sendo o trilho superior praticamente imperceptível; a utilização desse modelo deixa o ambiente com um visual limpo e elegante. Utiliza-se em todos os estilos de decoração, pois pode ser feita de tecidos naturais, sintéticos, transparentes e telas solares.

  • Double Vision: As persianas do tipo double vision proporcionam visualizar a parte externa do ambiente sem a necessidade de abertura completa, pois são utilizadas faixas horizontais translúcidas alternadas com faixas opacas. Garantem privacidade e bloqueio da luz solar sem perda do contato visual com o meio externo. Utilizadas em ambientes íntimos, como dormitórios, proporcionando sofisticação ao ambiente.

 

 

design de interiores

A click Arquitetura Fez uma serie de artigos sobre decoração de interiores.

A rotina diária nos exige muito. Para não chegarmos a altos níveis de estresse é preciso que paremos um pouco para relaxar o corpo e a mente. E é possível ter esse merecido descanso mesmo sem sair de casa.

As designers Linda Martins e Cris Araújo, proprietárias do escritório Maraú Design Studio, explicam que mesmo em pequenos espaços pode-se criar ambientes totalmente voltados para o relax. “A principal função do design é justamente essa, fazer de cada espaço uma experiência nova e surpreendente. Um bom projeto valoriza qualquer canto da casa, com boas soluções em marcenaria e acabamentos”, conta Cris Araújo.

Em projetos executados recentemente, as profissionais criaram dois ambientes relaxantes e bastante convidativos, mostrando que com um bom planejamento e a versatilidade da decoração, é possível ter momentos prazerosos mesmo em pequenos espaços dentro de casa. Uma compacta varanda, se transformou em um confortável espaço de leitura e o banheiro, num revigorante SPA.

Para o projeto da varanda, as designers explicam que é preciso ter sempre em mente duas possibilidades: “Será aberta? Se for este o caso, a mobília precisa ser resistente ao tempo, ao sol e à água. Para varandas abertas, um bom paisagismo também é sempre bem-vindo. Já a varanda fechada, integrada ou não ao ambiente (quarto ou sala) já precisa ser mais aconchegante, ter mais tecidos e marcenaria em abundância”, indicam.

Na transformação do banheiro em SPA, Linda e Cris apostaram no conforto, na praticidade e na tecnologia: “Uma boa banheira, chuveiros bem tecnológicos – como os que oferecem tratamentos de cromoterapia, variações da pressão da água e fazem massagem durante o banho, por exemplo, se tornam a sensação do banheiro. Uma coisa que sempre procuramos colocar para um cliente que busca esse conceito no banheiro é: sistema de som e automação. Um banho de banheira, em um banheiro de casa que se parece com um SPA, inserido à natureza, com música suave e o conforto da automação, com certeza é desejo de todos que vivem em centros urbanos e têm uma vida agitada e estressante”, descreve Cris Araújo.

As profissionais ressaltam que para transformar pequenos espaços em ambientes confortáveis e relaxantes, não pode faltar o uso de madeiras e de plantas, que trazem a natureza para junto das pessoas. “Madeira e verde com certeza são as vedetes para que este espaço se torne um verdadeiro SPA. Essa inserção da natureza é o que traz o relaxamento, além de ser uma tendência mundial”, encerram. Leia também: Jardim: bem-estar e harmonia